Artes Visuais

Blog do curso de Artes Visuais: Licenciatura da Uergs #auergsserveproRS

Nota pública em apoio à Fundação Municipal de Artes de Montenegro – Fundarte

A Unidade de Montenegro da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul – UERGS, através dos cursos de graduação em Artes Visuais, Música, Dança e Teatro, vêm a público manifestar seu apoio à Fundação Municipal de Artes de Montenegro – FUNDARTE, em função da exposição “Quando eu me desloco eu costuro a cidade”, baseada na investigação poética do artista FabrÍzio Rodrigues. A mostra que, por ora, se apresenta na Galeria Loíde Schwambach, é resultado de um olhar atento e costurado em poesia sobre o espaço da cidade, a partir da pesquisa de mestrado do artista, junto à Universidade Federal de Pelotas – UFPEL.

Compreender, ouvir, trocar e movimentar o pensamento acerca do mundo e das coisas são possibilidades que a arte, esse campo de conhecimento, abre junto com uma exposição. Para nós, professores e comunidade acadêmica da UERGS, as exposições em sua diversidade ampliam as ressonâncias daquilo que podemos entender como existência. Garantir todas as existências, isto é, a vida e as suas diferentes formas, indagando o conformismo e as ordens que ditam comportamentos, é a única possibilidade para atravessarmos o tenso momento que vivemos.

Assim, a arte não irá lidar com consensos exatamente porque lida com a criação de possibilidades. Isso não pode ser confundido com afrontas a quem quer que seja, pois não é com isso que se borda a arte e a vida. Trata-se de oferecer possibilidades para uma escuta atenta do que cada um e cada uma tem a dizer e de todas as relações que possam ser construídas no espaço da exposição. Acreditamos que na troca e no compartilhamento de saberes reside um potente exercício de estar com o outro.

A partir dessa exposição, “costurar a cidade” é encontrar as mais diversas linhas e rotas do pensar, posto que a malha que compõe o urbano não é e jamais será feita de uma única tessitura. As escolhas do artista propõem possibilidades de linhas, rotas e existências e não podem – assim como as mais diferentes formas de manifestação artística -, ser colocadas na condição de perigo ou ameaça, pois não o são. Antes disso, arte é convite, ideia e possibilidade de experimentação de novos modos de estar no mundo. A arte expõe o mundo de forma inventiva e artística e trata da vida pelo viés das várias linguagens que lhe são próprias.

Nenhuma professora e nenhum professor leva seus alunos a uma exposição sem que haja informação e autorização prévias dos responsáveis. Os grupos de visitação, que chegam à galeria, são acompanhados por mediadores preparados para estimular o questionamento a partir da diversidade de olhares ao que está exposto, considerando o que cada visitante elabora sobre o que ele próprio vê. Toda a legislação vigente é observada e atendida e não há nenhum conteúdo ofensivo à infância e juventude, nos termos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Como professores e professoras de arte, ou mesmo como cidadãos e cidadãs deste país, defendemos a livre manifestação na arte e em qualquer área do conhecimento. Acreditamos que tais manifestações não podem, por motivos escusos, servir de base para ações violentas, atos de intimidação ou discriminação. Ao contrário, acreditamos que uma exposição é o lugar de produção de saberes sobre o mundo, sobre a vida e suas diferentes formas de existir.

Como integrantes de uma instituição pública de educação superior, comprometida pedagógica e artisticamente com a formação de professores de Artes Visuais, Dança, Música e Teatro, repudiamos qualquer atitude que seja contrária à educação pautada por princípios éticos e democráticos e assim mantemos nosso compromisso em todos os níveis de atuação universitária desde os cursos de graduação e pós-graduação, até a realização de projetos de pesquisa e extensão.

Embora a UERGS não seja a proponente da referida exposição, apoiamos os inúmeros esforços da FUNDARTE no sentido de garantir grande parte da vida artística em Montenegro, afirmando-se como um espaço de convite ao pensamento a partir da arte na assim nomeada “Cidade das Artes”.

Montenegro, 21 de setembro de 2017.

Professores, Funcionários e Diretório Acadêmico Regional das Artes (DARA) da UERGS de Montenegro

Anúncios

Sobre Artes Visuais UERGS

Sou Carmen Capra, Professora do Curso de Artes Visuais: licenciatura da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul. Mantenho o blog desde 2011 para registrar eventos do curso e da universidade e para formar bancos de dados para o uso dos alunos e para uso geral. Participou da montagem deste blog, em 2015, Ana Paula Goulart Velho. Endereço anterior: . Em 2017-2, atualizações realizadas por Raphael Júnior Almeida Batista, Bárbara Spohr, Jozieli Weber e Odalissa Sorrilha, monitores voluntários do Ateliê Livre de Artes Visuais - ALAV.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 21 21UTC setembro 21UTC 2017 por em Sem categoria.

Arquivos de post

Artes Visuais

Blog do curso de Artes Visuais: Licenciatura da Uergs #auergsserveproRS

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: